Especialista afirma que devido ao atual ritmo da vacinação, Carnaval de 2022 pode não acontecer

Cancelado neste ano em razão do cenário da pandemia da Covid-19, o Carnaval corre o ris risco de também não ocorrer em 2022.  Isso porque, de acordo com o epidemiologista Roberto Medronho, que é coordenador do grupo de trabalho contra o Coronavírus, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, a festa de 2022 também não deverá acontecer no Brasil, ainda por conta da pandemia. Em entrevista ao jornal ‘O Globo, o especialista afirmou que o ritmo atual da vacinação pode contribuir diretamente para a não realização da folia momesca.

“No ritmo de vacinação atual, há o risco concreto de não haver carnaval em 2022, pois teremos dificuldade para atingir a imunidade coletiva até lá”, disse. “A resistência de parte dos governantes em implantar as medidas necessárias à transmissão do vírus aliada à baixa adesão por setores da população às medidas restritivas contribuem para um cenário desfavorável”, completou.